EPE – Equipamento de Proteção Emocional

EPI, equipamento de proteção individual é item básico obrigatório para uso de todo trabalhador que, no exercício de sua função, possa vir a ter sua saúde e segurança pessoal posta em risco. Do que consiste? Depende. Varia de acordo com a categoria, local, evento, possíveis e eventuais danos, a que se submete ou é submetido, em seu emprego. Em outras palavras, é uma espécie de kit garantia para evitar problemas.

Mas então que o Renê, amigo psicólogo lá de Fortaleza, criou uma nova sigla, obvia e inteligentemente inspirada nessa tão badalada agora, ligada à prevenção contra a COVID, mas que já existe há tempos no dicionário da atividade laboral. Eis que surge a EPE, ou seja, equipamento de proteção EMOCIONAL.

Qualquer um sabe que, se a ideia é genial, eu me apaixono sem volta e, descaradamente, já fui logo viajando no que colocaria na minha mochilinha antisurto. Além de super fashion, de material resistente a pancadas e à prova de esquecimentos, ela teria que conter:

– Óculos especiais de proteção – para que eu não ousasse ver o mundo por lentes distorcidas, para que eu não enxergasse maldade aonde ela não existe, para que essa minha visão positiva e confiante sobre as pessoas nunca ficasse míope.

– Botas – para proteger o passo, com sistema especial contra eventuais desvios do autocuidado e da autoestima. Para garantir passos alegres e cheios de bagunça boa. Para me afastar do mal disfarçado. Para me levar à seguro distanciamento do que abala a minha integridade física e emocional.

– Capacete – para amenizar as porradas da vida, os pensamentos ruins, as ideias depreciativas e os ataques externos provenientes dos manipuladores de plantão.

– Luva – para evitar queimaduras causadas por botar a mão no fogo por quem não merece. Para não me contaminar com apertos de mão cheios de vírus de preconceitos e ódios.

– Protetor auricular – para não ouvir hipocrisias, ideologias marqueteiras de araque, xingamentos e outras baixarias do tipo. Para deixar passar apenas o som do que me acrescenta, me desenvolve e me dignifica.

– Balão de oxigênio – para respirar ares de gentileza, amor e paz. Para proporcionar frescor de ideias e renovar o desejo de crescimento contínuo e constante, enquanto a vida me permitir estar aqui. E para não sufocar!

EPE, se ainda não tem o seu, corra! Todo ser humano deveria ter um ao alcance da mão. Evitaria tantas dores. Mas atenção: exija o selo de autenticidade e a garantia do produto. Não aceite imitações. O mundo anda cheio de aproveitadores por aí oferecendo material sucateado, roubado, contrabandeado. E, cá entre nós, todo mundo sabe o quanto o barato sai caro.

Por Kátia Galvão

Em 08/12/2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s